Badejo e abadejo - qual a diferença?

Hoje visitei a loja de pescados congelados Empório Bom Peixe e aprendi as diferenças entre duas espécies de peixe – badejo e abadejo; você sabe quais são? 

Algumas pessoas e até alguns estabelecimentos vendem como se fossem o mesmo peixe mas, só pelas imagens abaixo você verá que não são. O badejo é um peixe nobre, do litoral brasileiro, ou seja, de água salgada, pescado entre o Sul da Bahia e o Espírito Santo. Tem um lombo alto, muito bom para fazer grelhado ou assado. Já o abadejo – que também é conhecido por côngrio (ou congro) - é importado da Argentina ou Chile e vendido na forma de filés mais finos, bons para fritar ou assar.


Pelas fotos acima fica nítida a diferença né?

O abadejo é mais facilmente encontrado nos supermercados e lojas especializadas, além de ter um preço mais barato (média de R$30-35,00/kg) do que o badejo (média de 60,00/kg). Ambos têm sabor suave, carne branca e macia e não têm espinhas. Eu experimentei e gostei dos dois. O abadejo pode ser uma boa opção em custo, sabor e praticidade para ser consumido durante a semana (um pacote com 1kg tem aproximadamente 15-20 filés médios, o que daria para umas 6 pessoas se alimentarem bem e, como são congelados separadamente, você não precisa descongelar todos de uma vez). 

Já o badejo, com sabor e textura que permitem o preparo de um prato mais elaborado ou, mais gourmet, eu deixaria para uma ocasião mais especial (uma posta de badejo como essa da foto dá para duas a três pessoas se alimentarem). Eu nunca tinha experimentado o badejo mas ele me agradou muito e, a partir de agora, vai entrar como uma opção dos pratos que preparamos aqui em casa. Recomendo você experimentar os dois (abaixo indico uma receita), tirar suas próprias conclusões e deixar aqui no blog os seus comentários, ajudando os leitores a escolherem a opção que mais os agrada. 

Agora que você já sabe a diferença entre badejo e abadejo, quando for comprar um peixe ou escolher um prato em um restaurante, lembre-se de notar as características específicas de cada espécie. Se por um acaso estiver escrito errado no cardápio, compartilhe esse conhecimento adquirido aqui no blog. E claro, lembre-se de citar a fonte: blog Portal do Pescado ><((((º>

Espero que esse conteúdo tenha sido útil pra você. Aguardo seus comentários e fotos abaixo ou por e-mail: debora.rosche@gmail.com

Fontes: Bom Peixe, Blog Estadão, Sadia

Receitas: 

Badejo Aromático com purê de ervas

Ingredientes

Para o purê
Folhas de 2 ramos de manjericão fresco
1 xíc. chá de leite
Folhas de 3 ramos de salsa
600g de batatas cozidas e espremidas
3 colheres de sopa de margarina
Sal e pimenta do reino a gosto

Para o peixe
1 xíc. chá de manteiga
Raspas de meio limão
Raspas de meia laranja lima
Raspas de meia laranja pera
¼ xíc. chá de castanha de caju picada
4 ramos de salsa picados
Sal e pimenta do reino a gosto
1 kg de badejo cortado em 7 filés

Modo de preparo

Purê
Em um liquidificador bata o manjericão, o leite e a salsa. Reserve. Em uma panela, coloque a batata e a mistura de leite e cozinhe até obter a consistência de purê. Junte a margarina e tempere com sal e pimenta do reino. Mexa e reserve.

Peixe
Em uma vasilha coloque uma xícara de chá de margarina, as raspas de limão e de laranja, a castanha de caju e a salsa. Tempere com sal e pimenta, mexa e reserve. 

Tempere os filés do peixe com sal e pimenta e leve para fritar em uma frigideira com azeite ou manteiga. O tempo de fritura vai depender da grossura do filé. Se for muito grosso e, para manter a suculência, pode só selar o filé e levar ao forno para término do cozimento. Quando estiver cozido, coloque os filés no prato ou na travessa que irá servir e, por cima de cada filé coloque uma colher de sobremesa da pasta de margarina e sirva em seguida com o purê de ervas como acompanhamento. 

Tempo de preparo: 40 min
Rendimento: 7 porções

Abadejo com Alcaparras

Ingredientes
2 filés de abadejo
manteiga 
alcaparras
½ limão
alho
sal

Modo de preparo
Tempere os filés com ½ limão, sal e alho espremido. Deixe descansar por 1 hora. Grelhe em uma chapa untada com manteiga, primeiro de um lado até dourar e só então grelhe o outro lado. Em um recipiente pequeno derreta 150 gramas de manteiga e junte as alcaparras. Coloque os filés em uma travessa e cubra com as alcaparras.

Texto escrito por Débora Planello

Comentários

  1. Maravilhosa explicação. Sempre achei que fossem nomes diferentes para o mesmo peixe. hehehe... Agora aprendi corretinho! E vou experimentar os dois! Obrigada por compartilhar seus conhecimentos e nos apresentar essas receitas deliciosas!!!

    ResponderExcluir
  2. Gostei. Sempre notei diferença no gosto (badejo beeeem superior) mas não sabia que eram tão distintos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei. Sempre notei diferença no gosto (badejo beeeem superior) mas não sabia que eram tão distintos.

    ResponderExcluir
  4. A figura apresentada é de MERLUZA !!!

    O Côngrio é um peixe totalmente diferente do apresentado, e é comprido e mole, (Genypterus blacodes).
    O Côngrio rosa consumido no Sul é delicioso e não tem postas.
    No Sudeste não sabem a diferença ente Badejo e Abadejo e vendem qq peixe com se se fosse Badejo e disfarçam dizendo que é apenas "nomenclatura" como a famigerada "chuletinha" que não existe ( já viu o mapa de corte de carnes ? ) ou é bisteca ( o correto ) , chuleta ou T-Bone, o resto é conversa mole para boi ou peixe dormir !!!
    Pelo jeito vcs. não sabem distinguir um do outro e também induzem ao erro !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom dia. Agradecemos primeiramente o seu interesse no assunto pescado. Que bom que visitou o nosso blog! Quanto ao seu comentário, informamos que as imagens são realmente de badejo (posta) e abadejo (filé). Para alguns pode até parecer filé de merluza - e realmente é difícil identificar espécies de peixe visualmente, especialmente os filés. Mas reforçamos que é abadejo. Caso você tenha imagens do filé de abadejo, ou de badejo e, queira compartilhar conosco, fique a vontade de enviar para o nosso e-mail: portal.pescado@gmail.com Sobre o côngrio citado no post, não é referente ao côngrio rosa que você menciona. Eu tive a oportunidade de morar no Sul por 3 anos e, realmente o côngrio rosa é bem diferente deste apresentado, conforme você disse. Continue acompanhando nossos conteúdos e, compartilhando imagens e informações que achar relevantes.

      Excluir
  5. Você saberia dizer qual o nome em inglês do badejo brasileiro?

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. "Serran", segundo o Oxford English Dictionary (2nd. edition), são todos os peixes da família Serranidae.

    ResponderExcluir
  8. O Badejo, parente da Garoupa, não se confunde jamais com o Abadejo (peixe argentino). O primeiro, Badejo, peixe de primeira, incomparável. O segundo, o Abadejo, é o Congrio, peixe comercial do Chile e Argentina.

    ResponderExcluir
  9. Impagável a explicação detalhada sobre o Badejo e Abadejo. Para mim era apenas uma questão de semántica linguistica. Agora entendí que estão nos enganando os que nos vendem "Gato por Lebre"...

    ResponderExcluir
  10. ...........gostei muito.........do blog e até dos comentários

    IRENE

    ResponderExcluir
  11. Aqui no Extra do rio de janeiro, 1/2 kg de abadejo ta saindo R $ 48,00. Como pode???

    ResponderExcluir
  12. As diferenças só passam despercebidas por quem não conhece o peixe. Sou praticante de pesca esportiva a 20 anos e conheço bem o badejo e por isso concordo com o blog.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  13. As diferenças só passam despercebidas por quem não conhece o peixe. Sou praticante de pesca esportiva a 20 anos e conheço bem o badejo e por isso concordo com o blog.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  14. File de Abadejo ao molho de camarão, acompanha arroz branco e purê de batatas do Restaurante Praiano, eu indico, muito bom

    ResponderExcluir
  15. Bom dia!
    Na receita não concordo com a marinada com limão por uma hora! O ácido do limão tem a característica de pré cozinhar o peixe, deixando-o mole quando for fritá-lo.
    Nesse caso se quiser um agridoce, usar vinagre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Existe um prato peruano que se chama "Ceviche".(se pronuncia Se+vi+tchê, igual ao tchê de gaúcho) É um prato frio onde o peixe não e cozido ao fogo mas sim com o suco de limão.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas